Trends:

Arinto dos Açores By António Maçanita 2018

75cl

Arinto dos Açores By António Maçanita 2018

23,90€
23,90€
Loja: Wineclick Prazo de entrega estimado: 3 - 4 dias
Custos de envio: 10,32€
Envio grátis a partir de 50,00€
Apenas 3 unidades

Ficha técnica

Tipo De Vinho: Vinho branco
Safra: 2018
Denominação:Azores (Portugal)
Adega: Fita Preta
Volume: 75cl
Uvas: Arinto
Alérgenos: Contém Sulfites
Arinto dos Açores By António Maçanita 2018 (23,90€) chega pela mão de Fita Preta. É um vinhos branco de Azores Com arinto de 2018. Segundo os utilizadores da Drinks&Co, este branco merece uma classificação de 4 pontos em 5.

Descrição de Arinto dos Açores By António Maçanita 2018

Arinto dos Açores By António Maçanita 2018 (Arinto)

NOTAS DE PROVA:

  • Visão: amarelo citrus limpo.
  • Olfato: puro, notas cítricas e minerais de aroma de toranja.
  • Paladar: Tenso ataque, fresco com uma muito presente minerality e acidez, boa persistência e notas salinos.

DENOMINAÇÃO DE ORIGEM: Pico.

UVAS: Arinto.

PREPARAÇÃO: handpicking em 40 cestos kg, pressionando cachos inteiros, após decantação 24 para 600-1000l em tanques de fermentação.

VINHO EMPARELHAMENTO: marisco, carnes brancas frescos grelhados e peixe como um aperitivo.

TEMPERATURA: 10-11ºC

ÁLCOOL: 12,5%

Ver mais

A adega

Fita Preta

Fita Preta

A Fitapreta produz vinhos que reflectem o nosso carácter, o que gostamos, o que aspiramos, o nosso humor e a nossa percepção da estética. Temos tanto a ver com mergulhar profundamente em nossa cultura e variedade, quanto em mudar o mundo com novos ensaios, novos gostos e novas misturas. Nós produzimos os vinhos para nós, para nós gostarmos. E esperançosamente, algumas pessoas compartilharão nossa mesma estética para o vinho e… Quem sabe… Para a vida.

Mais sobre a adega

Opiniões de Arinto dos Açores By António Maçanita 2018

4

2 opiniões de clientes
  • 5
    0
  • 4
    2
  • 3
    0
  • 2
    0
  • 1
    0
A sua pontuação de Arinto dos Açores By António Maçanita 2018:Avaliar Arinto dos Açores By António Maçanita 2018:

4 /5

A Azores Wine Company foi fundada a 3 de abril de 2014 pelos sócios António Maçanita, Filipe Rocha e Insula Vinus, Lda.
A história de três pessoas profundamente ligadas aos Açores, que se cruzam no final da primeira década do século XXI, à volta de uma paixão à qual dedicam grande parte das suas vidas: os vinhos e a gastronomia.
Entre vários projectos aos quais estão ligados, contam-se a produção de vinhos no Pico, a recuperação de uma casta em extinção, a promoção dos vinhos e da gastronomia dos Açores.
Em 2010, António Maçanita inicia em conjunto com os Serviços de Desenvolvimento Agrário de S. Miguel um trabalho de vinificação da casta Terrantez do Pico. Única no mundo, esta casta quase em extinção revela-se e surpreende pela sua frescura, mineralidade e salinidade. A pequena produção deste vinho pleno de identidade e autenticidade viaja até vários países, e passa a estar disponível em algumas das melhores garrafeiras e restaurantes de topo. Os Açores entram pela porta grande!
A este projeto segue-se em 2013 um trabalho conjunto, desta vez na ilha Pico, entre a Fita Preta Vinhos e a Insula Vinus, para a produção de um vinho com base em mais uma casta autóctone da Região: o Arinto dos Açores.
O trabalho em conjunto, a amizade e visão comum para devolver aos Açores, e em particular à Ilha do Pico, a notoriedade de outros tempos, desafia-os para a criação de um novo projeto.
Surge assim a Azores Wine Company, que já em 2014 produz cerca de 10.000 garrafas. Os brancos monocasta Arinto dos Açores e Verdelho O Original da Rare Grapes Collection representam mais de metade da produção. Mas também surpreendem os vinhos tinto e rosé da Volcanic Series.
Desta história fazem ainda parte o primeiro espumante dos Açores, feito em 2011 no projeto de Terrantez do Pico, e já em 2014 o primeiro espumante do Pico feito a partir da casta Arinto dos Açores.
Por fim, o trabalho já em desenvolvimento na área dos licorosos, em busca dos famosos vinhos do Pico que percorreram mundo há mais de 400 anos.
Ver mais
,

4 /5

Um terroir único no mundo, no meio do oceano Atlântico, na base da montanha vulcânica do Pico, as vinhas estão plantadas nas fendas da rocha, junto ao mar, onde se ouve o "cantar do caranguejo", pois é aqui que há mais sol e calor. Uma proximidade de, por vezes, escassos metros que obriga à protecção da vinha, por muros (currais), dos ventos fortes e salinos do Atlântico.

O Arinto dos Açores é uma casta autóctone e exclusiva das ilhas dos Açores, tendo em comum com o Arinto do continente apenas o nome e a boa acidez.
Ver mais
,

Outros produtos da mesma adega