Trends:

Azores

Rosé Vulcânico 2017

75cl

10,90€ (Preços aproximados)

Ficha técnica

Tipo De Vinho: Vinho rosé
Safra: 2017 Outras safras
Denominação:Azores (Portugal)
Adega: Azores Wine Company
Volume: 75cl
Alérgenos: Contém Sulfites
Azores Wine Company é quem elabora o Rosé Vulcânico 2017 , um vinhos rosé com DO Azores da vindima de 2017. vinhos rosé classificado com 4 pontos em 5, segundo os utilizadores da Drinks&Co.

Elaboração de Rosé Vulcânico 2017

Rosé Vulcânico 2017

NOTAS DE PROVA DE Rosé Vulcânico 2017:

  • Vista: clara e tons de cereja rosa.
  • Nariz: um nariz intenso de morangos maduros, notas de iodo e pimenta preta.
  • Paladar: textura, soro fisiológico e fresco.

DESIGNAÇÃO DE ORIGEM: Açores.

UVAS: Touriga Nacional e Aragonez.

VINHO EMPARELHAMENTO: peixes, frutos do mar e saladas.

TEMPERATURA: 6-10ºC

ÁLCOOL: 12%

Ver mais

Opiniões de Rosé Vulcânico 2017

4

1 opiniões de clientes
  • 5
    0
  • 4
    1
  • 3
    0
  • 2
    0
  • 1
    0
A sua pontuação de Rosé Vulcânico 2017:Avaliar Rosé Vulcânico 2017:

4 /5

A Azores Wine Company foi fundada a 3 de abril de 2014 pelos sócios António Maçanita, Filipe Rocha e Insula Vinus, Lda.
A história de três pessoas profundamente ligadas aos Açores, que se cruzam no final da primeira década do século XXI, à volta de uma paixão à qual dedicam grande parte das suas vidas: os vinhos e a gastronomia.
Entre vários projectos aos quais estão ligados, contam-se a produção de vinhos no Pico, a recuperação de uma casta em extinção, a promoção dos vinhos e da gastronomia dos Açores.
Em 2010, António Maçanita inicia em conjunto com os Serviços de Desenvolvimento Agrário de S. Miguel um trabalho de vinificação da casta Terrantez do Pico. Única no mundo, esta casta quase em extinção revela-se e surpreende pela sua frescura, mineralidade e salinidade. A pequena produção deste vinho pleno de identidade e autenticidade viaja até vários países, e passa a estar disponível em algumas das melhores garrafeiras e restaurantes de topo. Os Açores entram pela porta grande!
A este projeto segue-se em 2013 um trabalho conjunto, desta vez na ilha Pico, entre a Fita Preta Vinhos e a Insula Vinus, para a produção de um vinho com base em mais uma casta autóctone da Região: o Arinto dos Açores.
O trabalho em conjunto, a amizade e visão comum para devolver aos Açores, e em particular à Ilha do Pico, a notoriedade de outros tempos, desafia-os para a criação de um novo projeto.
Surge assim a Azores Wine Company, que já em 2014 produz cerca de 10.000 garrafas. Os brancos monocasta Arinto dos Açores e Verdelho O Original da Rare Grapes Collection representam mais de metade da produção. Mas também surpreendem os vinhos tinto e rosé da Volcanic Series.
Desta história fazem ainda parte o primeiro espumante dos Açores, feito em 2011 no projeto de Terrantez do Pico, e já em 2014 o primeiro espumante do Pico feito a partir da casta Arinto dos Açores.
Por fim, o trabalho já em desenvolvimento na área dos licorosos, em busca dos famosos vinhos do Pico que percorreram mundo há mais de 400 anos.
Ver mais
,
Opiniões de outros vintages de Rosé Vulcânico 201720152014

4/5

Exalava um agradável cheiro a morango ácido. .
A relação qualidade-preço é insuperável.
Ver mais

4/5

A olho tem uma cor intensa. Cheira a morango. .
Bom vinho, mas eu não o teria acompanhado com peixe.
Provei em um jantar com vários amigos e gostei.
Ver mais

Outros produtos da mesma adega