Trends:

Alentejo

Cortes de Cima Dois Terroirs 2016

75cl

8,85€ (Preços aproximados)

Ficha técnica

Tipo De Vinho: Vinho tinto
Safra: 2016 Outras safras
Denominação:Alentejo (Portugal)
Adega: Cortes de Cima
Volume: 75cl
Uvas: Aragonêz, Pinot Noir, Syrah
Alérgenos: Contém Sulfites
Teor Alcoólico : 13%
Cortes de Cima é quem elabora este Cortes de Cima Dois Terroirs 2016 , um vinhos tinto com DO Alentejo com syrah, pinot noir e aragonêz de 2016 teor de álcool: 13º. vinhos tinto classificado com 4 pontos em 5, segundo os utilizadores da Drinks&Co.

Elaboração de Cortes de Cima Dois Terroirs 2016

Cortes de Cima Dois Terroirs 2016 (Aragonêz, Pinot Noir e Syrah)

Maker: Cortes de Cima

DOC: Alentejo

Uvas: Aragonêz, Pinot Noir e Syrah

Ver mais

A adega

Cortes de Cima

Cortes de Cima

Em 1988, um casal dinamarquês-americano partiu em um veleiro para encontrar um lugar para começar uma família e plantar um vinhedo. Chegaram ao Alentejo e, numa terra de castas brancas, plantaram vermelho. E assim começa a história da Cortes de Cima Family Vineyards ....

Mais sobre a adega

Opiniões de Cortes de Cima Dois Terroirs 2016

4

1 opiniões de clientes
  • 5
    0
  • 4
    1
  • 3
    0
  • 2
    0
  • 1
    0
A sua pontuação de Cortes de Cima Dois Terroirs 2016:Avaliar Cortes de Cima Dois Terroirs 2016:

4 /5

Em 1988, um casal constituído por um dinamarquês e uma americana partiram num veleiro à procura de um lugar para criar uma família, plantar uma vinha e produzir vinho... e assim começa a história das Cortes de Cima, actualmente, uma das principais adegas portuguesas. Localizada na Vidigueira as Cortes de Cima é uma propriedade familiar dirigida diariamente por Hans e Carrie Jorgensen, com uma área de 140 ha de vinha, produzem-se as castas Aragonez, Syrah, Touriga Nacional, Trincadeira, Petit Verdot, Antão Vaz e Verdelho. As vinhas mais antigas, foram plantadas em 1991 quando a casta Syrah não era permitida pelas regulamentações da região. Ainda assim, Hans, convencido de que tínha o clima e o solo ideal para esta variedade do Ródano, criou o primeiro vinho "ilegal" Syrah, produzido em 1998 e comercializado com o nome Incógnito que depressa ganhou fama em Portugal e medalhas em Londres, Bruxelas e Bordéus.
Ver mais
,
Opiniões de outros vintages de Cortes de Cima Dois Terroirs 201620152014

4/5

16 pts Vinho Grandes Escolhas - aromáticos frutos silvestres vermelhos suculentos, com especiarias e baunilha. Fresco, palato apertada com boa intensidade de frutas e comprimento no acabamento.
Ver mais

4/5

Em 1988, um casal dinamarquês-americano estabelecido em um veleiro para encontrar um lugar para começar uma família, plantar uma vinha, e fazer vinho. . . e começa assim a nossa história de Cortes de Cima Family Vineyards, uma das principais vinícolas de Portugal. Localizado na Vidigueira, Alentejo, Cortes de Cima, ainda é um familiar vinha e adega sob a supervisão diária de Hans e Carrie Jorgensen, com 140 ha, principalmente de Aragonez, Syrah, Touriga Nacional, Trincadeira, Petit Verdot, Antão Vaz e Verdelho. Já em 1991, Syrah não foi permitida nos regulamentos regionais, mas Hans plantada de qualquer maneira, convencido de que ele tinha um condições ideais de clima e solo para que a famosa variedade Rhone, o primeiro do vintage 'ilegal' de Syrah em 1998, foi engarrafado como Incógnito e rapidamente ganhou elogios e notoriedade em Portugal, e medalhas em Londres, Bruxelas e Bordéus.
Ver mais

Outros produtos da mesma adega