Trends:

Alentejo

Rapariga da Quinta 2017

75cl

6,80€ (Preços aproximados)

Ficha técnica

Tipo De Vinho: Vinho tinto
Safra: 2017 Outras safras
Denominação:Alentejo (Portugal)
Adega: Luis Duarte
Volume: 75cl
Uvas: Aragonêz, Touriga Nacional, Trincadeira
Alérgenos: Contém Sulfites
Luis Duarte produz o Rapariga da Quinta 2017 , um vinhos tinto com DO Alentejo com os melhores cachos de trincadeira, touriga nacional e aragonêz da colheita de 2017. Segundo os utilizadores da Drinks&Co, este tinto merece uma classificação de 4 pontos em 5.

Elaboração de Rapariga da Quinta 2017

Rapariga da Quinta 2017 (Aragonêz, Touriga Nacional e Trincadeira)

NOTAS DE PROVA:

  • Visão: rubi intenso.
  • Olfato: frutas vermelhas assadas e baunilha do envelhecimento barril.
  • Paladar: balanceadas, ricas, elegante, de corpo médio, taninos suaves e boa acidez.

DESIGNAÇÃO DE ORIGEM: Alentejo.

UVAS: Aragonez, Trincadeira, Cabernet Sauvignon.

ENVELHECIMENTO: 12 meses em 300 barris litros usados ​​carvalho francês.

PREPARAÇÃO: fermentação alcoólica em aço inoxidável a uma temperatura controlada.

EMPARELHAMENTO: carnes vermelhas, T-bone steak com molhos pesados, hambúrguer com gruyere, aperitivos, pizzas.

TEMPERATURA: 16-18 °C

ÁLCOOL: 14%

Ver mais

Opiniões de Rapariga da Quinta 2017

4

2 opiniões de clientes
  • 5
    0
  • 4
    2
  • 3
    0
  • 2
    0
  • 1
    0
A sua pontuação de Rapariga da Quinta 2017:Avaliar Rapariga da Quinta 2017:

4 /5

16 pts Revista de Vinhos - Cor rubi intensa. Aroma de frutos vermelhos e tostado da madeira envelhecimento. vinho equilibrado, rico e elegante. Equilibrado e elegante acabamento.
Ver mais
,

4 /5

Apesar de estar profundamente ligado ao sul de Portugal, ao Alentejo, Luís Duarte tem origem duriense. O seu percurso profissional tem sido marcado pelo pioneirismo, pela capacidade de estar sempre um passo à frente do seu tempo, pela capacidade de arriscar e pela frontalidade e espírito prático com que tem assumido os desafios com que tem sido confrontado. Entretanto, estabeleceu-se como um dos consultores mais respeitados do Alentejo, assistindo em projetos de sucesso empresarial e enológico com os vinhos da Malhadinha ou da Quinta do Mouro, com esses ex-líbris alentejanos apelidados "Marias da Malhadinha" e "Quinta do Mouro Rótulo Dourado". Para além das colaborações e cargos que mantém, decidiu começar a fazer os seus vinhos, sempre de forma pragmática e sem floreados, mantendo um espírito prático de quem está no vinho sem demasiadas poesias ou lirismos. O sucesso do seu projeto pessoal tem sido tal, com vinhos desenhados exatamente para o que os mercados querem, que neste momento os vinhos de Luís Duarte são já os terceiros mais vendidos no Brasil entre os vinhos alentejanos.
Ver mais
,
Opiniões de outros vintages de Rapariga da Quinta 201720152010

4/5

Um aroma um pouco enjoativo. Um vinho surpreendentemente fresco.
Um vinho para grandes ocasiões.
Ver mais

3/5

Cor viva e bonita. Os aromas a flores brancas predominam sobre todos os outros. O Rapariga da Quinta é um vinho com boa acidez.

Ver mais

Outros produtos da mesma adega