Trends:

Vinho Verde

Chapeleiro Branco 2018

75cl

5,95€ (Preços aproximados)

Ficha técnica

Tipo De Vinho: Vinho branco
Safra: 2018 Outras safras
Denominação:Vinho Verde (Portugal)
Adega: Carlos Gabriel Fernandes
Volume: 75cl
Uvas: Arinto, Loureiro
Alérgenos: Contém Sulfites
Teor Alcoólico : 11%
Carlos Gabriel Fernandes é quem elabora este Chapeleiro Branco 2018 , um vinhos branco com DO Vinho Verde uvas seleccionadas de loureiro e arinto da colheita de 2018 de 11º. vinhos branco classificado com 4 pontos em 5, segundo os utilizadores da Drinks&Co.

Elaboração de Chapeleiro Branco 2018

Chapeleiro Branco 2018 (Arinto e Loureiro)

Maker: Carlos Gabriel Fernandes

DOC: Vinho Verde

Uvas: Arinto e Loureiro

Ver mais

Opiniões de Chapeleiro Branco 2018

4

1 opiniões de clientes
  • 5
    0
  • 4
    1
  • 3
    0
  • 2
    0
  • 1
    0
A sua pontuação de Chapeleiro Branco 2018:Avaliar Chapeleiro Branco 2018:

4 /5

Fazia parte dos vinhos de uma degustação.
Gostei especialmente da cor. Perfume de flores brancas: jasmim, lírios.... Com toques salgados.
Um Arinto que pode acompanhar dos petiscos à sobremesa.
Ver mais
,
Opiniões de outros vintages de Chapeleiro Branco 201820172016

4/5

A Casa do Vilarelho situa-se em Avessadas onde é produzido o Chapeleiro, um vinho verde elaborado a partir das castas Loureiro, Azal e Arinto.O vinho é fruto da paixão pela vinha, antecedida pela restruturação de uma quinta familiar onde até 2007 e em tempos idos, era somente praticada agricultura tradicional e de subsistência.A implantação da primeira vinha em 2008 respeita o leito e a morfologia da quinta, aproveitando da melhor forma as propriedades orgânicas que a terra tem para oferecer.A excelente exposição solar permite a obtenção de boas maturações das uvas aliada à prática de uma viticultura sustentada, permitindo criar um vinho de qualidade superior, pelo menos é esse o propósito.Não é objetivo do produtor grandes quantidades vínicas, antes pelo contrário, micro produções com área máxima de vinha de 1,5 hectares, sendo atualmente a área de implantação cerca de metade daquela.As técnicas de vinificação utilizadas são as mais recentes em termos técnicos e tecnológicos.O corpo técnico para a vinificação do Chapeleiro é composto por uma equipa de enólogos altamente qualificados para o fim que se pretende obter, retirar melhor partido das condições que este terroir banhado pelo Rio Tâmega oferece.Este é um projeto criado de raiz e de cariz familiar, que privilegia a valorização e preservação do património rural, sendo o grande motor do mesmo a paixão pela vinha e pelo vinho.Por fim, o nome do Chapeleiro provém igualmente de origens familiares, em homenagem ao seu Avô Belmiro.
Ver mais

4/5

A Casa do Vilarelho situa-se em Avessadas onde é produzido o Chapeleiro, um vinho verde elaborado a partir das castas Loureiro, Azal e Arinto.O vinho é fruto da paixão pela vinha, antecedida pela restruturação de uma quinta familiar onde até 2007 e em tempos idos, era somente praticada agricultura tradicional e de subsistência.A implantação da primeira vinha em 2008 respeita o leito e a morfologia da quinta, aproveitando da melhor forma as propriedades orgânicas que a terra tem para oferecer.A excelente exposição solar permite a obtenção de boas maturações das uvas aliada à prática de uma viticultura sustentada, permitindo criar um vinho de qualidade superior, pelo menos é esse o propósito.Não é objetivo do produtor grandes quantidades vínicas, antes pelo contrário, micro produções com área máxima de vinha de 1,5 hectares, sendo atualmente a área de implantação cerca de metade daquela.As técnicas de vinificação utilizadas são as mais recentes em termos técnicos e tecnológicos.O corpo técnico para a vinificação do Chapeleiro é composto por uma equipa de enólogos altamente qualificados para o fim que se pretende obter, retirar melhor partido das condições que este Terroir banhado pelo Rio Tâmega oferece.Este é um projeto criado de raiz e de cariz familiar, que privilegia a valorização e preservação do património rural, sendo o grande motor do mesmo a paixão pela vinha e pelo vinho.Por fim, o nome do Chapeleiro provém igualmente de origens familiares, em homenagem ao seu Avô Belmiro.
Ver mais

Outros produtos da mesma adega